Pular para o conteúdo principal

Pertencimento e gratidão

Thiago Sciotta

Thiago Sciotta

Front End Engineer @ Gupy

Há 10 dias, tive a oportunidade através do Rotaract de Taubaté, no qual faço parte, de palestrar de forma remota, para mais de 60 adolescentes de 4 escolas públicas diferentes da cidade. Foi uma oportunidade única que sou muito grato e tenho muito orgulho de mim mesmo pelo feito. Sim, sentir orgulho próprio não é errado.

Quem me conhece sabe quantas coisas passei para chegar até aqui. E tem haver com ser alguém que tenta se lapidar dia após dia, desafio após desafio com a finalidade de ser uma pessoa melhor para mim e para a sociedade na qual vivo. Bom, vou resumir o que foi essa manhã de sábado tão incrível que vivi.

Uma pedra sendo lapidada
Foto tirada por San Moghadam Khamseh em 2010.

O evento RYLA.#

O programa chama-se Prêmios Rotários de Liderança Juvenil (Rotary Youth Leadership Awards) e é organizado pelo Rotary para incentivar e desenvolver habilidades de liderança nos jovens. Para saber mais, veja aqui.

O tema: Liderança na era da tecnologia.#

Quando fui convidado, tínhamos a intensão de fazer uma palestra para mostrar as profissões do futuro na área de tecnologia, mas evoluímos para levar um tema mais pertinente que envolvesse o tema principal: liderança com um pouco de foco na evolução da tecnologia e com ênfase nos aspectos que uma pessoa líder deve ter.

Barcos de papel em formação de liderança triangular
Photo by KOBU Agency on Unsplash

O primeiro dia: 01/05/2021.#

O evento foi dividido em dois sábados. Este primeiro foi com a apresentação e dinâmicas da Tati sobre comunicação não violenta. O mais incrível que não achamos que os jovens fossem tão engajados, participativos e tão organizados. Mas a cada participação, a cada fala e comentário durante os momentos propostos, pude perceber como a nova geração está marcada para mudar o mundo e escrever novas páginas na história da humanidade.

O segundo dia: 08/05/2021.#

Com o primeiro dia tão incrível, senti o peso da responsabilidade de levar algo que eu queria ouvir quando tinha a idade deles. Já tinha preparado toda a apresentação e pensado e repensado em tudo que iria falar e como seriam as dinâmicas. Foi outro dia fantástico com muitos insights, participações e acredito que consegui deixar a mensagem que queria.

Para quem tiver curiosidade dos slides apresentados, compartilhei no Slideshare.

Conclusão#

No final das contas, só tenho a conclusão de que quando nos doamos sem pretensão, sem almejar nada em troca, o sentimento de gratidão e de devolução de algo que nunca foi nosso é IMENSO. É como um carinho do universo, como um sentimento imenso de pertencer a algo maior.

Encorajo a cada um de vocês a participarem de algum projeto que possa servir ao próximo. Essa sensação de pertencimento e de se doar é indescritível com palavras.